Estudo Salmos 23 – O Senhor é o meu pastor

Este Salmos é sobre a comunhão do homem com Deus. Fica muito claro que absolutamente nada faltará para aquele que tem Jesus Cristo como seu pastor. Ele receberá descanso (23.2), refrigério (23.3a), direção (23.3b), companhia (23.4), provisão (23.5a), consolo (23.5b), bondade e misericórdia (23.6).

No início, o salmista declara o Senhor como pastor da sua vida. Mas essa é uma relação de comunhão. Enquanto o pastor cuida, orienta e alimenta suas ovelhas, elas retribuem com obediência, submissão, amor e confiança (Salmos 23.1).

Além disso, há uma analogia entre os pastos verdejantes e Cristo como Pão da Vida (João 6.48). Assim como, as águas de descanso são como a Água Viva (João 4.10-14) oferecida por Jesus para a mulher samaritana (Salmos 23.2).

Dessa forma, quando Deus é o nosso Senhor, as feridas são saradas e há refrigério para nossa alma (Salmos 23.3). O seu bordão e o seu cajado são instrumentos utilizados pelo pastor para guiar e defender suas ovelhas (Salmos 23.4). E Jesus alivia e consola seu rebanho (Salmos 23.5).

Por fim, a certeza de que temos comunhão com Deus aqui na terra e que haveremos de viver com Cristo nos céus é a nossa única esperança e o que realmente nos alegra (Salmos 23.6).

1 O SENHOR é o meu pastor,
nada me faltará.

2 Ele me faz descansar em campos verdes,
ele me leva para junto de águas tranquilas.

3 Ele renova a minha vida.
Ele me guia por caminhos bons porque ele é bom.

4 Mesmo que eu caminhe pelo vale mais escuro,
não terei medo de nada,
porque o Senhor está comigo;
a sua vara e o seu cajado são a minha proteção.

5 Ele prepara um banquete para mim
à vista dos meus inimigos.
O Senhor me recebeu com todas as honras
e encheu o meu copo até transbordar.

6 A sua bondade e o seu amor
me acompanharão durante a minha vida,
e voltarei sempre à casa do SENHOR
enquanto eu viver.

Salmos 23 – Rei Davi


Foto: Pexels; Estudo inspirado por: Bíblia Shedd.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Salmos 16.11

Estudo Salmos 16 – A plenitude de alegria

Neste capítulo de Salmos, há uma afirmação de qual é o bem mais precioso de um crente, ter Deus como seu único Senhor. E como a plenitude de alegria somente é encontrada na Sua presença. Para não perder isso de vista, a oração de fé (16.1) é um pedido de

Salmos 148.13

Estudo Salmos 148 – Hino de Louvor e Adoração a Deus

O Salmo 148 é um hino de louvor e adoração a Deus, que celebra a grandiosidade de Sua criação e convida todas as criaturas a renderem honra ao Seu nome. O salmista exorta os céus, a terra e tudo o que neles habita a louvarem ao Senhor. Ele destaca que

Mateus 14.25

Estudo Mateus 14 – O Poder e a Compaixão de Jesus

Neste capítulo de Mateus 14, podemos observar uma série de eventos significativos. Primeiramente, é narrada a morte de João Batista, profeta que havia sido aprisionado por Herodes devido às suas críticas ao relacionamento ilícito do tetrarca com Herodias, a esposa de seu irmão. Herodes, ao ouvir falar de Jesus, teme

Apocalipse 17.14A

Estudo Apocalipse 17 – Os Perigos da Corrupção e da Idolatria

O capítulo 17 do Livro do Apocalipse na Bíblia é um texto rico em simbolismo e imagens que descrevem uma visão do apóstolo João. Nesta visão, ele vê uma mulher sentada sobre muitas águas, representando a grande Babilônia, um império mundial corrupto e idolatra. A mulher está adornada com roupas

Temas

Receba inspiração no seu Email

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial