Estudo Salmos 23 – O Senhor é o meu pastor

Este Salmos é sobre a comunhão do homem com Deus. Fica muito claro que absolutamente nada faltará para aquele que tem Jesus Cristo como seu pastor. Ele receberá descanso (23.2), refrigério (23.3a), direção (23.3b), companhia (23.4), provisão (23.5a), consolo (23.5b), bondade e misericórdia (23.6).

No início, o salmista declara o Senhor como pastor da sua vida. Mas essa é uma relação de comunhão. Enquanto o pastor cuida, orienta e alimenta suas ovelhas, elas retribuem com obediência, submissão, amor e confiança (Salmos 23.1).

Além disso, há uma analogia entre os pastos verdejantes e Cristo como Pão da Vida (João 6.48). Assim como, as águas de descanso são como a Água Viva (João 4.10-14) oferecida por Jesus para a mulher samaritana (Salmos 23.2).

Dessa forma, quando Deus é o nosso Senhor, as feridas são saradas e há refrigério para nossa alma (Salmos 23.3). O seu bordão e o seu cajado são instrumentos utilizados pelo pastor para guiar e defender suas ovelhas (Salmos 23.4). E Jesus alivia e consola seu rebanho (Salmos 23.5).

Por fim, a certeza de que temos comunhão com Deus aqui na terra e que haveremos de viver com Cristo nos céus é a nossa única esperança e o que realmente nos alegra (Salmos 23.6).

1 O SENHOR é o meu pastor,
nada me faltará.

2 Ele me faz descansar em campos verdes,
ele me leva para junto de águas tranquilas.

3 Ele renova a minha vida.
Ele me guia por caminhos bons porque ele é bom.

4 Mesmo que eu caminhe pelo vale mais escuro,
não terei medo de nada,
porque o Senhor está comigo;
a sua vara e o seu cajado são a minha proteção.

5 Ele prepara um banquete para mim
à vista dos meus inimigos.
O Senhor me recebeu com todas as honras
e encheu o meu copo até transbordar.

6 A sua bondade e o seu amor
me acompanharão durante a minha vida,
e voltarei sempre à casa do SENHOR
enquanto eu viver.

Salmos 23 – Rei Davi


Foto: Pexels; Estudo inspirado por: Bíblia Shedd.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts relacionados

Salmos 26.2

Estudo Salmos 26 – Apelo do justo

Neste capítulo, o salmista ora a Deus para que o revele tudo o que não está de acordo com a Sua vontade e com o Seu caráter. O desejo de Davi é fazer todo o possível para ser aceito e ter comunhão com Deus, andando com retidão aqui na terra

Salmos 21.2

Estudo Salmos 21 – Ações de graça pela vitória

No capítulo anterior, o povo fez a oração a favor do rei. E em Salmos 21, o rei se alegra na força do Senhor e reconhece que todos as súplicas dos momentos de necessidade foram atendidas. Assim, o bom Deus satisfaz o desejo do nosso coração e escuta nossas orações.

Salmos 29.7

Estudo Salmos 29 – A voz de Deus na tempestade

Neste capítulo, Davi incentiva a todos a glorificar a Deus, pois Ele está ao lado do seu povo em todos os momentos, dando forças e abençoando, inclusive nas mais difíceis situações. Os versículos iniciais trazem um incentivo para que todos que são filhos de Deus glorifiquem o seu nome (Salmos

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial