Estudo Salmos 1 – Os Justos e os Ímpios

O Salmos 1 apresenta a descrição de um homem que realmente é feliz. E o mais relevante desse texto é que mostra, claramente, que a felicidade não está em bens materiais ou sensações que esse mundo traz. Mas sim, no prazer de andar e meditar nos ensinamentos do Senhor.

O homem feliz, justo, é comparado a uma árvore saudável, suprida em todas as suas necessidades e que prospera em todas as áreas.

Por outro lado, o ímpio em nada prospera e em tudo tem dificuldades.

Portanto, que procuremos ser como o justo, que tem prazer em meditar na palavra do Senhor.


1 Bem-aventurado o homem
que não anda no conselho dos ímpios,
não se detém no caminho dos pecadores,
nem se assenta na roda dos escarnecedores.

2 Antes, o seu prazer está na lei do Senhor,
e na sua lei medita de dia e de noite.

3 Ele é como árvore
plantada junto a corrente de águas,
que, no devido tempo, dá o seu fruto,
e cuja folhagem não murcha;
e tudo quanto ele faz será bem-sucedido.

4 Os ímpios não são assim;
são, porém, como a palha que o vento dispersa.

5 Por isso, os perversos não prevalecerão no juízo,
nem os pecadores, na congregação dos justos.

6 Pois o Senhor conhece o caminho dos justos,
mas o caminho dos ímpios perecerá.

Salmos 1.1-6


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Salmos 69.16

Estudo Salmos 69 – Clamor a Deus

O Salmo 69 é um salmo de lamentação atribuído ao Rei Davi. Nele, Davi clama a Deus em meio a um momento de angústia e perseguição, pedindo que Deus o salve daqueles que o perseguem e oprimem. Ele expressa sua dor, dizendo que está afundando em águas profundas, e que

Salmos 65:1

Estudo Salmos 65 – Louvor ao Criador

O Salmo 65 é um cântico de louvor ao Criador, que é digno de adoração e agradecimento. O salmista começa exaltando a Deus por ouvir as orações dos homens e perdoar seus pecados. Ele reconhece a majestade do Senhor, que reina sobre toda a terra, e admira sua justiça e

Salmos 73.28

Estudo Salmos 73 – Reflexões sobre a prosperidade dos ímpios

O Salmo 73 é um dos salmos mais conhecidos e amados da Bíblia. Ele começa com uma declaração de fé: “Certamente Deus é bom para Israel, para os puros de coração”. No entanto, o salmista logo admite que sua fé foi abalada ao ver a prosperidade dos ímpios. Ele se

Temas

  » Alegria

  » Amizade

  » Amor

  » Fé e Motivação

  » Felicitações

  » Liderança

  » Pais e Filhos

  » Paz

  » Provérbios

  » Reflexão

  » Salmos

Receba inspiração no seu Email

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial