As bem-aventuranças – Reflexão de Mateus 5.1-12

A mensagem das bem-aventuranças faz parte do famoso sermão do monte. Nesse momento, Jesus estava em Cafarnaum e decidiu passar ensinamentos para uma multidão de pessoas.

Segundo os comentários bíblicos de Russel P. Shedd, o termo bem-aventurados, do grego makarios, quer dizer “feliz” e “abençoado”. Uma coração feliz é um coração que está em paz com Deus.

1 Vendo Jesus as multidões, subiu ao monte, e, como se assentasse, aproximaram-se os seus discípulos;
2 e ele passou a ensiná-los, dizendo:
3 Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.
4 Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.
5 Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra.
6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos.
7 Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
8 Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.
9 Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.
10 Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.
11 Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós.
12 Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós.

Mateus 5.1-12 – Jesus Cristo


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Provérbios 23:17

Estudo Provérbios 23 – A Importância de Exercer Discernimento na Vida

Esse capítulo enfatiza a importância de exercer discernimento na vida, especialmente em relação aos hábitos alimentares e aos excessos na busca por riquezas materiais. O texto adverte sobre o perigo de se deixar levar pela cobiça e luxúria, destacando que tais desejos podem levar à autodestruição e ao afastamento dos

Marcos 6.50

Estudo Marcos 6 – Jesus Caminha Sobre as Águas

Neste capítulo de Marcos 6, Jesus retorna à sua terra natal, Nazaré, e começa a pregar na sinagoga, surpreendendo as pessoas com sua sabedoria e milagres. No entanto, muitos na cidade duvidam de sua autoridade, já que o conheciam como o filho de Maria, o carpinteiro, e não conseguem aceitar

Temas

Receba inspiração no seu Email

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial