Estudo Apocalipse 2 – A Importância da Fidelidade, Arrependimento e Perseverança na Fé Cristã

Apocalipse 2.3

O livro de Apocalipse, capítulo 2, faz parte do Novo Testamento da Bíblia e é composto por sete cartas escritas pelo apóstolo João, direcionadas às sete igrejas da Ásia Menor. Cada uma dessas cartas aborda questões específicas enfrentadas por essas comunidades cristãs do primeiro século.

Em Apocalipse 2, encontramos as primeiras quatro dessas cartas, dirigidas às igrejas de Éfeso, Esmirna, Pérgamo e Tiatira. A carta à igreja de Éfeso elogia seu zelo pela verdade, mas adverte sobre a perda do primeiro amor.

A carta a Esmirna oferece conforto aos cristãos perseguidos e os encoraja a permanecerem fiéis mesmo diante da adversidade.

A carta a Pérgamo repreende a tolerância em relação ao ensinamento de Balaão e Nicolau. Finalmente, a carta a Tiatira lida com a tolerância em relação a uma profetisa chamada Jezabel e exorta a igreja a se arrepender.

Essas cartas são ricas em simbolismo e mensagens espirituais, destacando a importância da fidelidade, arrependimento e perseverança na fé cristã.

Elas também contêm promessas e ameaças em relação ao futuro das igrejas e dos indivíduos que as compõem. Apocalipse 2, portanto, oferece insights valiosos sobre a vida cristã e a necessidade de manter uma fé sólida e comprometida em meio a desafios e tentações.

———

Apocalipse 2

Carta à igreja em Éfeso

Ao anjo da igreja em Éfeso escreve: Estas coisas diz aquele que conserva na mão direita as sete estrelas e que anda no meio dos sete candeeiros de ouro:

Conheço as tuas obras, tanto o teu labor como a tua perseverança, e que não podes suportar homens maus, e que puseste à prova os que a si mesmos se declaram apóstolos e não são, e os achaste mentirosos;

e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer.

Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor.

Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas.

Tens, contudo, a teu favor que odeias as obras dos nicolaítas, as quais eu também odeio

.Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus.

Carta à igreja em Esmirna

Ao anjo da igreja em Esmirna escreve:

Estas coisas diz o primeiro e o último, que esteve morto e tornou a viver:

Conheço a tua tribulação, a tua pobreza (mas tu és rico) e a blasfêmia dos que a si mesmos se declaram judeus e não são, sendo, antes, sinagoga de Satanás.

10 Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.

11 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte.

Carta à igreja em Pérgamo

12 Ao anjo da igreja em Pérgamo escreve:

Estas coisas diz aquele que tem a espada afiada de dois gumes:

13 Conheço o lugar em que habitas, onde está o trono de Satanás, e que conservas o meu nome e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha testemunha, meu fiel, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita.

14 Tenho, todavia, contra ti algumas coisas, pois que tens aí os que sustentam a doutrina de Balaão, o qual ensinava a Balaque a armar ciladas diante dos filhos de Israel para comerem coisas sacrificadas aos ídolos e praticarem a prostituição.

15 Outrossim, também tu tens os que da mesma forma sustentam a doutrina dos nicolaítas.

16 Portanto, arrepende-te; e, se não, venho a ti sem demora e contra eles pelejarei com a espada da minha boca.

17 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei do maná escondido, bem como lhe darei uma pedrinha branca, e sobre essa pedrinha escrito um nome novo, o qual ninguém conhece, exceto aquele que o recebe.

Carta à igreja em Tiatira

18 Ao anjo da igreja em Tiatira escreve:

Estas coisas diz o Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo e os pés semelhantes ao bronze polido:

19 Conheço as tuas obras, o teu amor, a tua fé, o teu serviço, a tua perseverança e as tuas últimas obras, mais numerosas do que as primeiras.

20 Tenho, porém, contra ti o tolerares que essa mulher, Jezabel, que a si mesma se declara profetisa, não somente ensine, mas ainda seduza os meus servos a praticarem a prostituição e a comerem coisas sacrificadas aos ídolos.

21 Dei-lhe tempo para que se arrependesse; ela, todavia, não quer arrepender-se da sua prostituição.

22 Eis que a prostro de cama, bem como em grande tribulação os que com ela adulteram, caso não se arrependam das obras que ela incita.

23 Matarei os seus filhos, e todas as igrejas conhecerão que eu sou aquele que sonda mentes e corações, e vos darei a cada um segundo as vossas obras.

24 Digo, todavia, a vós outros, os demais de Tiatira, a tantos quantos não têm essa doutrina e que não conheceram, como eles dizem, as coisas profundas de Satanás: Outra carga não jogarei sobre vós;

25 tão somente conservai o que tendes, até que eu venha.

26 Ao vencedor, que guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei autoridade sobre as nações,

27 e com cetro de ferro as regerá e as reduzirá a pedaços como se fossem objetos de barro;

28 assim como também eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei ainda a estrela da manhã.

29 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Eclesiastes 2.24

Estudo Esclesiastes 2 – A Verdadeira Alegria Vem de Deus

No livro de Eclesiastes capítulo 2, o autor reflete sobre a futilidade das buscas humanas por felicidade e significado na vida. Ele começa testando diversas formas de prazer e conquista, mas todas se mostram vazias. Ele constrói casas, plantações, acumula riquezas, adquire servos e servas, mas percebe que tudo isso

Salmos 88.13

Estudo Salmos 88 – Oração de Lamentação

O Salmo 88 é um dos salmos mais sombrios e tristes da Bíblia. Ele é uma oração de lamentação, onde o salmista expressa sua dor e sofrimento diante de Deus. O salmista começa o salmo clamando a Deus por ajuda e pedindo que Ele ouça sua oração. Ele se sente

Salmos 95.7-8

Estudo Salmos 95 – Advertência para o povo de Deus

O Salmo 95 é um salmo de louvor e adoração a Deus que convida o povo de Deus a se alegrar e exultar diante de sua presença. Este salmo começa com uma exortação para que se cante ao Senhor e se faça música em sua honra, reconhecendo-o como o grande

Temas

  » Alegria

  » Amizade

  » Amor

  » Fé e Motivação

  » Felicitações

  » Liderança

  » Pais e Filhos

  » Paz

  » Provérbios

  » Reflexão

  » Salmos

Receba inspiração no seu Email

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial