Estudo Mateus 28 – A ressurreição de Jesus

Mateus 28.9

Neste capítulo de Mateus 28, é relatada a ressurreição de Jesus, que ocorreu no primeiro dia da semana. Maria Madalena e outra Maria foram ao sepulcro, onde ocorreu um grande terremoto e um anjo do Senhor apareceu, removendo a pedra do sepulcro e anunciando a ressurreição de Jesus às mulheres.

Os guardas, testemunhas disso, ficaram aterrorizados. As mulheres saíram correndo do sepulcro para contar aos discípulos o que haviam visto. No caminho, Jesus apareceu a elas, as confortou e deu instruções para que os discípulos fossem à Galileia encontrá-los.

Entretanto, alguns dos guardas foram à cidade e relataram o ocorrido aos principais sacerdotes. Estes, preocupados com a situação, subornaram os guardas para que dissessem que os discípulos haviam roubado o corpo de Jesus enquanto dormiam, prometendo protegê-los caso a notícia chegasse ao governador.

Os discípulos seguiram para a Galileia, onde Jesus os encontrou e recebeu adoração, embora alguns ainda duvidassem. Jesus então proclamou sua autoridade sobre o céu e a terra e deu a Grande Comissão aos discípulos, instruindo-os a fazer discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a guardar todos os mandamentos que ele havia dado.

Ele também prometeu estar com eles todos os dias até a consumação do século. Esse capítulo encerra o evangelho de Mateus com a missão dada por Jesus aos seus seguidores de espalhar sua mensagem e fazer discípulos em todo o mundo.

———

Mateus 28

A ressurreição de Jesus. Seu aparecimento às mulheres

No findar do sábado, ao entrar o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.

E eis que houve um grande terremoto; porque um anjo do Senhor desceu do céu, chegou-se, removeu a pedra e assentou-se sobre ela.

O seu aspecto era como um relâmpago, e a sua veste, alva como a neve.

E os guardas tremeram espavoridos e ficaram como se estivessem mortos.

Mas o anjo, dirigindo-se às mulheres, disse: Não temais; porque sei que buscais Jesus, que foi crucificado.

Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito. Vinde ver onde ele jazia.

Ide, pois, depressa e dizei aos seus discípulos que ele ressuscitou dos mortos e vai adiante de vós para a Galileia; ali o vereis. É como vos digo!

E, retirando-se elas apressadamente do sepulcro, tomadas de medo e grande alegria, correram a anunciá-lo aos discípulos.

E eis que Jesus veio ao encontro delas e disse: Salve! E elas, aproximando-se, abraçaram-lhe os pés e o adoraram.

10 Então, Jesus lhes disse: Não temais! Ide avisar a meus irmãos que se dirijam à Galileia e lá me verão.

Os judeus subornam os guardas

11 E, indo elas, eis que alguns da guarda foram à cidade e contaram aos principais sacerdotes tudo o que sucedera.

12 Reunindo-se eles em conselho com os anciãos, deram grande soma de dinheiro aos soldados,

13 recomendando-lhes que dissessem: Vieram de noite os discípulos dele e o roubaram enquanto dormíamos.

14 Caso isto chegue ao conhecimento do governador, nós o persuadiremos e vos poremos em segurança.

15 Eles, recebendo o dinheiro, fizeram como estavam instruídos. Esta versão divulgou-se entre os judeus até ao dia de hoje.

Jesus aparece aos discípulos na Galileia

16 Seguiram os onze discípulos para a Galileia, para o monte que Jesus lhes designara.

17 E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram.

A Grande Comissão

18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra.

19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

20 ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Salmos 16.11

Estudo Salmos 16 – A plenitude de alegria

Neste capítulo de Salmos, há uma afirmação de qual é o bem mais precioso de um crente, ter Deus como seu único Senhor. E como a plenitude de alegria somente é encontrada na Sua presença. Para não perder isso de vista, a oração de fé (16.1) é um pedido de

Salmos 56

Estudo Salmos 56 – Oração de confiança

O Salmo 56 é uma oração de confiança e súplica dirigida a Deus em meio às dificuldades. O salmista expressa seu medo diante de seus inimigos, mas reafirma sua confiança em Deus como seu protetor e libertador. Ele clama a Deus para que o livre de seus opressores e confia

Salmos 124.2-3

Estudo Salmos 124 – A Proteção de Deus

O Salmo 124 é um dos muitos salmos atribuídos ao Rei Davi e faz parte do Livro de Salmos na Bíblia. Este salmo é um hino de gratidão e louvor a Deus pela libertação e proteção concedidas ao povo de Israel. No Salmo 124, Davi começa reconhecendo que, se não

Hebreus 11.1

O Que é Fé? Uma Análise à Luz de Hebreus 11.1 e 11.6

A fé é um conceito central em muitas religiões e filosofias de vida. Ela desempenha um papel fundamental na maneira como as pessoas percebem o mundo e enfrentam desafios. Neste artigo, vamos explorar o significado da fé, com base nas passagens bíblicas de Hebreus 11:1 e 11:6. Vamos analisar o

Temas

Receba inspiração no seu Email

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial