Estudo Salmos 32 – A bem-aventurança de quem recebe o perdão

Neste capítulo, Davi expressa o quanto será alegre a vida de quem tem os seus pecados perdoados e cobertos por Deus.

A expressão bem-aventurado se refere à alegria intensa, que o homem com sua iniquidade perdoada recebe (Salmos 32.1 e 32.2).

Uma diferença clara é estabelecida entre o homem que está com algum pecado não confessado e outro, que confessou suas transgressões a Deus e Ele o perdoou (Salmos 32.3 a 32.6).

Após a confissão dos pecados e o perdão, a proteção, o livramento, o direcionamento por parte de Deus são abundantes na vida dos seus filhos, mas é preciso obediência a Ele (Salmos 32.7 a 32.9).

Segundo Russel Shedd, “Os freios e cabrestos não são para afastar o cavalo; são para guardá-lo bem perto; da mesma maneira, as provações pelas quais passamos não são para nos afastar de Deus, mas para nos trazer mais perto dele, e encorajar-nos a cumprir Sua vontade”.

Por fim, muito sofrimento aguarda o ímpio. Mas o que confia no Senhor, receberá misericórdia e poderá se alegrar sempre.

1 Como é feliz o homem que tem suas transgressões perdoadas e os seus pecados apagados!

2 Como é feliz aquele cujos pecados o Senhor apagou e que não tem falsidade no coração!

3 Eu tentei por algum tempo esconder os meus pecados. Mas fiquei muito fraco, gemendo de dor e aflição o dia inteiro.

4 De dia e de noite a sua mão pesava sobre mim, fazendo com que as minhas forças fossem se esgotando, como a seca faz com um pequeno riacho.

5 O sofrimento continuou até que admiti a minha culpa e não escondi mais o meu pecado. Pensei comigo mesmo: Confessarei as minhas transgressões ao Senhor. E o Senhor perdoou a culpa do meu pecado.

6 Portanto, que todos os que são santos orem ao Senhor enquanto pode ser encontrado; quando as muitas águas se levantarem, elas não os atingirão.

7 O Senhor é o meu lugar de segurança; o Senhor me livra da aflição e enche a minha vida de canções de vitórias.

8 Eu o instruirei e o ensinarei — diz o Senhor — e mostrarei a você o caminho por onde deve andar. Eu mesmo lhe darei conselhos e o vigiarei.

9 Não seja teimoso como um cavalo ou uma mula que não tem entendimento; eles precisam de rédeas e freio para andarem pelo caminho certo.

10 Os maus passam por muitos sofrimentos, mas quem confia no Senhor será acompanhado de perto pelo seu amor cuidadoso.

11 Alegrem-se por causa do Senhor! Cantem de felicidade todos vocês que são justos. Sim, vibrem de alegria todos os que procuram sinceramente agradar o Senhor!

Salmos 32 – Rei Davi


Foto: Pexels; Estudo inspirado por: Bíblia Shedd.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts relacionados

Salmos 32.10

Estudo Salmos 32 – A bem-aventurança de quem recebe o perdão

Neste capítulo, Davi expressa o quanto será alegre a vida de quem tem os seus pecados perdoados e cobertos por Deus. A expressão bem-aventurado se refere à alegria intensa, que o homem com sua iniquidade perdoada recebe (Salmos 32.1 e 32.2). Uma diferença clara é estabelecida entre o homem que

As bem-aventuranças – Reflexão de Mateus 5.1-12

A mensagem das bem-aventuranças faz parte do famoso sermão do monte. Nesse momento, Jesus estava em Cafarnaum e decidiu passar ensinamentos para uma multidão de pessoas. Segundo os comentários bíblicos de Russel P. Shedd, o termo bem-aventurados, do grego makarios, quer dizer “feliz” e “abençoado”. Uma coração feliz é um

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial