Estudo Apocalipse 20 – O Destino Final da Humanidade

Apocalipse 20.15

O capítulo 20 do livro do Apocalipse na Bíblia é notável por sua descrição de eventos escatológicos, que são eventos relacionados ao fim dos tempos.

Ele começa com a visão de um anjo descendo do céu, segurando uma corrente e uma chave. Este anjo prende Satanás por mil anos, simbolizando a derrota final do mal.

Durante esse período, ocorre o “milênio”, que é um reino de paz e justiça, onde os santos e mártires da fé reinam com Cristo.

Depois desse período, Satanás é solto por um curto período e engana as nações, reunindo-as para uma batalha final contra os santos, mas Deus intervém e derrota as forças do mal.

Em seguida, o diabo é lançado no lago de fogo, onde ele sofre sua punição eterna. O capítulo também descreve o julgamento final, onde os mortos são ressuscitados e julgados de acordo com suas obras, recebendo a recompensa da vida eterna ou a condenação eterna no lago de fogo.

Apocalipse 20 é um capítulo de grande importância para a teologia escatológica e levanta questões sobre a natureza do bem e do mal, o destino final da humanidade e o triunfo final de Deus sobre as forças do mal.

É um texto rico em simbolismo e interpretações diversas, sendo objeto de estudo e reflexão para muitos teólogos e estudiosos da Escatologia Cristã.

———

Apocalipse 20

A prisão de Satanás por mil anos. A primeira ressurreição

Então, vi descer do céu um anjo; tinha na mão a chave do abismo e uma grande corrente.

Ele segurou o dragão, a antiga serpente, que é o diabo, Satanás, e o prendeu por mil anos;

lançou-o no abismo, fechou-o e pôs selo sobre ele, para que não mais enganasse as nações até se completarem os mil anos. Depois disto, é necessário que ele seja solto pouco tempo.

Vi também tronos, e nestes sentaram-se aqueles aos quais foi dada autoridade de julgar. Vi ainda as almas dos decapitados por causa do testemunho de Jesus, bem como por causa da palavra de Deus, tantos quantos não adoraram a besta, nem tampouco a sua imagem, e não receberam a marca na fronte e na mão; e viveram e reinaram com Cristo durante mil anos.

Os restantes dos mortos não reviveram até que se completassem os mil anos. Esta é a primeira ressurreição.

Bem-aventurado e santo é aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre esses a segunda morte não tem autoridade; pelo contrário, serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com ele os mil anos.

Satanás é solto e derrotado

Quando, porém, se completarem os mil anos, Satanás será solto da sua prisão

e sairá a seduzir as nações que há nos quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, a fim de reuni-las para a peleja. O número dessas é como a areia do mar.

Marcharam, então, pela superfície da terra e sitiaram o acampamento dos santos e a cidade querida; desceu, porém, fogo do céu e os consumiu.

10 O diabo, o sedutor deles, foi lançado para dentro do lago de fogo e enxofre, onde já se encontram não só a besta como também o falso profeta; e serão atormentados de dia e de noite, pelos séculos dos séculos.

O juízo de Deus

11 Vi um grande trono branco e aquele que nele se assenta, de cuja presença fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles.

12 Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros.

13 Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras.

14 Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo.

15 E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Salmos 84.12

Estudo Salmos 84 – A Verdadeira Felicidade

O Salmo 84 é um cântico de louvor e adoração ao Senhor dos Exércitos. O salmista expressa sua admiração pelos tabernáculos do Senhor e anseia estar na presença de Deus. Ele descreve como sua alma suspira pelos átrios do Senhor, e como seu coração e carne exultam pelo Deus vivo.

Salmos 1.1-2

Estudo Salmos 1 – Os Justos e os Ímpios

O Salmos 1 apresenta a descrição de um homem que realmente é feliz. E o mais relevante desse texto é que mostra, claramente, que a felicidade não está em bens materiais ou sensações que esse mundo traz. Mas sim, no prazer de andar e meditar nos ensinamentos do Senhor. O

Hebreus 11.1

O Que é Fé? Uma Análise à Luz de Hebreus 11.1 e 11.6

A fé é um conceito central em muitas religiões e filosofias de vida. Ela desempenha um papel fundamental na maneira como as pessoas percebem o mundo e enfrentam desafios. Neste artigo, vamos explorar o significado da fé, com base nas passagens bíblicas de Hebreus 11:1 e 11:6. Vamos analisar o

Temas

  » Alegria

  » Amizade

  » Amor

  » Fé e Motivação

  » Felicitações

  » Liderança

  » Pais e Filhos

  » Paz

  » Provérbios

  » Reflexão

  » Salmos

Receba inspiração no seu Email

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial