Estudo Mateus 3 – O Batismo de Jesus

Mateus 3.16

Mateus 3 descreve o ministério de João Batista, o precursor de Jesus. João pregava no deserto da Judeia, chamando as pessoas ao arrependimento e batizando-as nas águas do rio Jordão.

Ele alertava sobre a chegada do Reino dos Céus e advertia contra a hipocrisia dos fariseus e saduceus que vinham até ele.

João enfatizava que o batismo que ele administrava era um sinal de arrependimento e preparação para o Messias que viria.

Quando Jesus se aproximou para ser batizado, João inicialmente hesitou, reconhecendo a superioridade de Jesus.

No entanto, Jesus insistiu, e ao ser batizado, o Espírito Santo desceu sobre Ele em forma de pomba, e uma voz dos céus declarou: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.”

O capítulo destaca a importância do arrependimento, do batismo e inicia a apresentação de Jesus ao público, marcando o início de seu ministério público.

———

Mateus 3

A pregação de João Batista

Naqueles dias, apareceu João Batista pregando no deserto da Judeia e dizia:

Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus.

Porque este é o referido por intermédio do profeta Isaías:

Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.

Usava João vestes de pelos de camelo e um cinto de couro; a sua alimentação eram gafanhotos e mel silvestre.

Então, saíam a ter com ele Jerusalém, toda a Judeia e toda a circunvizinhança do Jordão;

e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados.

Vendo ele, porém, que muitos fariseus e saduceus vinham ao batismo, disse-lhes: Raça de víboras, quem vos induziu a fugir da ira vindoura?

Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento;

e não comeceis a dizer entre vós mesmos: Temos por pai a Abraão; porque eu vos afirmo que destas pedras Deus pode suscitar filhos a Abraão.

10 Já está posto o machado à raiz das árvores; toda árvore, pois, que não produz bom fruto é cortada e lançada ao fogo.

João dá testemunho de Cristo

11 Eu vos batizo com água, para arrependimento; mas aquele que vem depois de mim é mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de levar. Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.

12 A sua pá, ele a tem na mão e limpará completamente a sua eira; recolherá o seu trigo no celeiro, mas queimará a palha em fogo inextinguível.

O batismo de Jesus

13 Por esse tempo, dirigiu-se Jesus da Galileia para o Jordão, a fim de que João o batizasse.

14 Ele, porém, o dissuadia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim?

15 Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça. Então, ele o admitiu.

16 Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele.

17 E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Salmos 93.4

Estudo Salmos 93 – Majestade e Soberania de Deus

O Salmo 93 é um hino de louvor à majestade e soberania de Deus. Ele começa afirmando que o Senhor reina, e que Ele está vestido de majestade e poder. O salmista destaca que o mundo está firmado e não será abalado, pois Deus é o seu fundamento. A partir

Temas

  » Alegria

  » Amizade

  » Amor

  » Fé e Motivação

  » Felicitações

  » Liderança

  » Pais e Filhos

  » Paz

  » Provérbios

  » Reflexão

  » Salmos

Receba inspiração no seu Email

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial