Estudo Salmos 124 – A Proteção de Deus

Salmos 124.2-3

O Salmo 124 é um dos muitos salmos atribuídos ao Rei Davi e faz parte do Livro de Salmos na Bíblia. Este salmo é um hino de gratidão e louvor a Deus pela libertação e proteção concedidas ao povo de Israel.

No Salmo 124, Davi começa reconhecendo que, se não fosse pela intervenção de Deus, o povo de Israel teria sido completamente derrotado por seus inimigos. Ele descreve essa situação usando imagens poderosas, como se Israel tivesse sido engolido pelas águas turbulentas de um rio impetuoso ou se tornasse presa de um animal feroz. No entanto, o salmista declara que Deus estava ao lado deles, agindo em seu favor.

Davi enfatiza a dependência absoluta de Israel em Deus. Ele reconhece que foi o Senhor quem os resgatou e livrou do perigo iminente. Davi afirma que, se Deus não tivesse estado ao seu lado, todo o esforço humano teria sido em vão. Ele atribui a vitória e o livramento exclusivamente à fidelidade e ao amor de Deus.

Além disso, Davi usa o Salmo 124 para destacar a importância de confiar em Deus em todos os momentos. Ele reconhece que a confiança em qualquer outra fonte de ajuda seria inútil e inadequada. Somente o Senhor é digno de nossa confiança plena, pois Ele é o Criador dos céus e da terra.

Esse salmo também nos lembra que, mesmo quando enfrentamos circunstâncias desafiadoras e ameaçadoras, podemos encontrar refúgio e segurança em Deus. Ele é o nosso protetor e defensor constante. Podemos nos apoiar em Sua força e amor, sabendo que Ele está conosco em todas as situações.

Por fim, o Salmo 124 nos encoraja a expressar gratidão a Deus por Sua intervenção e cuidado em nossas vidas. Devemos reconhecer Sua fidelidade e responder com louvor e adoração. Assim como Davi conclui o salmo, também podemos declarar que é o nome do Senhor, o nosso Deus, que merece ser glorificado e exaltado para sempre.

———

Salmos 124

1 Não fosse o Senhor, que esteve ao nosso lado, Israel que o diga;

2 não fosse o Senhor, que esteve ao nosso lado, quando os homens se levantaram contra nós,

3 e nos teriam engolido vivos, quando a sua ira se acendeu contra nós;

4 as águas nos teriam submergido, e sobre a nossa alma teria passado a torrente;

5 águas impetuosas teriam passado sobre a nossa alma.

6 Bendito o Senhor, que não nos deu por presa aos dentes deles.

7 Salvou-se a nossa alma, como um pássaro do laço dos passarinheiros; quebrou-se o laço, e nós nos vimos livres.

8 O nosso socorro está em o nome do Senhor , criador do céu e da terra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Provérbios 30.24-25

Estudo Provérbios 30 – A Importância de Viver uma Vida Justa e Honrada

Provérbios 30 é um capítulo notável na Bíblia que apresenta a sabedoria de Agur, filho de Jaque. Este capítulo é famoso por sua humildade e reverência a Deus. Agur começa reconhecendo sua própria ignorância e limitação diante do conhecimento divino. Ele expressa seu desejo de não ser rico demais para

Efésios 6.18

O que é Oração? Descubra o Significado nas Escrituras

No Cristianismo, a oração desempenha um papel crucial na comunicação com Deus, fortalecimento da fé e busca de orientação divina. Neste artigo, exploraremos o significado da oração à luz das Escrituras, com base em passagens como Efésios 6.18, Jeremias 33.3, João 16.24 e outras. Vamos mergulhar na riqueza desses versículos

Estudo Provérbios 12 – Ensinamentos Práticos sobre Sabedoria, Caráter e Justiça

Provérbios 12 é um capítulo do livro bíblico de Provérbios que oferece uma série de ensinamentos práticos sobre sabedoria, caráter e justiça. O capítulo começa destacando a importância de buscar conhecimento e adquirir sabedoria, indicando que aqueles que amam o conhecimento buscam conselhos sábios e rejeitam a influência dos insensatos.

Apocalipse 1.8

Estudo Apocalipse 1 – O Alfa e Ômega

O livro de Apocalipse, capítulo 1, é o ponto de partida para uma das mais intrigantes e simbólicas narrativas da Bíblia. Este capítulo, escrito pelo apóstolo João, começa por descrever o autor como alguém exilado na ilha de Patmos, tendo tido uma visão extraordinária. Ele é ordenado a escrever as

Temas

  » Alegria

  » Amizade

  » Amor

  » Fé e Motivação

  » Felicitações

  » Liderança

  » Pais e Filhos

  » Paz

  » Provérbios

  » Reflexão

  » Salmos

Receba inspiração no seu Email

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial