Estudo Salmos 60 – Ajuda e Proteção de Deus

Salmos 60.12

O Salmo 60 é um lamento que retrata a situação de Israel em um momento de conflito e sofrimento. O salmista clama a Deus por ajuda e proteção, pois sente-se abandonado e vulnerável diante dos seus inimigos. Ele reconhece a soberania de Deus e pede para que o Senhor restaure a sua nação, que foi abalada por derrotas militares.

O salmista expressa a sua confiança em Deus, que é o único que pode trazer a salvação. Ele reconhece que a ajuda humana é vã, e que somente o poder divino pode garantir a vitória sobre os inimigos. O salmista também se lembra das grandes realizações de Deus no passado, quando Ele demonstrou o seu amor e fidelidade para com o seu povo.

Em meio ao sofrimento, o salmista clama a Deus para que Ele se levante e salve o seu povo. Ele pede para que o Senhor não se irrite com Israel, mas que tenha misericórdia e conceda a vitória sobre os inimigos. O salmista também pede para que Deus lhe dê forças e coragem para enfrentar as batalhas que ainda virão.

O Salmo 60 é um apelo à confiança em Deus em meio às dificuldades. Ele nos lembra que somente o poder divino pode nos proteger e nos dar a vitória sobre os nossos inimigos. Por isso, devemos colocar a nossa confiança em Deus e buscar a sua ajuda em todas as circunstâncias da vida.

———

Salmos 60

1 Ó Deus, tu nos rejeitaste e nos dispersaste; tens estado indignado; oh! Restabelece-nos!

2 Abalaste a terra, fendeste-a; repara-lhe as brechas, pois ela ameaça ruir.

3 Fizeste o teu povo experimentar reveses e nos deste a beber vinho que atordoa.

4 Deste um estandarte aos que te temem, para fugirem de diante do arco.

5 Para que os teus amados sejam livres, salva com a tua destra e responde-nos.

6 Falou Deus na sua santidade: Exultarei; dividirei Siquém e medirei o vale de Sucote.

7 Meu é Gileade, meu é Manassés; Efraim é a defesa de minha cabeça; Judá é o meu cetro.

8 Moabe, porém, é a minha bacia de lavar; sobre Edom atirarei a minha sandália; sobre a Filístia jubilarei.

9 Quem me conduzirá à cidade fortificada? Quem me guiará até Edom?

10 Não nos rejeitaste, ó Deus? Tu não sais, ó Deus, com os nossos exércitos!

11 Presta-nos auxílio na angústia, pois vão é o socorro do homem.

12 Em Deus faremos proezas, porque ele mesmo calca aos pés os nossos adversários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Provérbios 22.6

Estudo Provérbios 22 – Conselhos e Reflexões para a Vida Cotidiana

Este capítulo aborda diversos temas, oferecendo conselhos e reflexões para a vida cotidiana. Em seus versículos, encontramos ensinamentos sobre a importância da honestidade e da integridade, destacando que o bom nome vale mais do que riquezas materiais. Também é enfatizada a ideia de que a sabedoria é valiosa e deve

Salmos 39.1

Salmos 39.1

Salmos 39.1 Disse comigo mesmo: guardarei os meus caminhos, para não pecar com a língua; porei mordaça à minha boca, enquanto estiver na minha presença o ímpio.  

Salmos 27.1

Estudo Salmos 27 – Desejo pela presença de Deus

Neste capítulo, o salmista revela sua fé inabalável em Deus. A certeza de que o Senhor é a sua luz e salvação o fazem enfrentar a vida de frente, sem temer mal algum. Precisamos ter o Senhor como nossa luz, salvação e fortaleza. Pois é isso que Ele de fato

Salmos 125.1

Estudo Salmos 125 – Salmo de Confiança em Deus

O Salmo 125 é um salmo de confiança e segurança em Deus. Ele expressa a certeza de que aqueles que confiam no Senhor são inabaláveis e estão protegidos como o monte Sião, que é firme e imutável. Neste salmo, o salmista destaca a confiança inabalável que o povo de Deus

Temas

Receba inspiração no seu Email

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial