Estudo Salmos 93 – Majestade e Soberania de Deus

Salmos 93.4

O Salmo 93 é um hino de louvor à majestade e soberania de Deus. Ele começa afirmando que o Senhor reina, e que Ele está vestido de majestade e poder. O salmista destaca que o mundo está firmado e não será abalado, pois Deus é o seu fundamento.

A partir daí, o salmista descreve a grandeza de Deus, comparando-o às águas poderosas do mar. Ele afirma que Deus é mais poderoso do que as ondas do mar, e que a sua voz é mais forte do que o estrondo das águas.

O salmista também destaca a santidade do templo de Deus, e como Ele é digno de ser adorado. Ele afirma que a santidade de Deus é a sua marca registrada, e que Ele é digno de ser temido e reverenciado por todos.

E então, conclui o salmo afirmando que a lei do Senhor é perfeita, e que ela é capaz de transformar a vida das pessoas. Ele afirma que a palavra de Deus é verdadeira, e que ela é capaz de dar sabedoria aos simples.

O Salmo 93 é um convite para que as pessoas reconheçam a grandeza e a soberania de Deus. Ele nos lembra que Deus é o fundamento do mundo, e que Ele é mais poderoso do que qualquer coisa que possamos imaginar.

O salmo também nos lembra da santidade de Deus, e como Ele é digno de ser adorado e reverenciado. Por fim, o salmo nos lembra da importância da palavra de Deus em nossas vidas, e como ela é capaz de nos transformar e nos dar sabedoria.

———

Salmos 93

1 Reina o Senhor . Revestiu-se de majestade; de poder se revestiu o Senhor e se cingiu. Firmou o mundo, que não vacila.

2 Desde a antiguidade, está firme o teu trono; tu és desde a eternidade.

3 Levantam os rios, ó Senhor , levantam os rios o seu bramido; levantam os rios o seu fragor.

4 Mas o Senhor nas alturas é mais poderoso do que o bramido das grandes águas, do que os poderosos vagalhões do mar.

5 Fidelíssimos são os teus testemunhos; à tua casa convém a santidade, Senhor , para todo o sempre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Apocalipse 18.1

Estudo Apocalipse 18 – O Anúncio da Queda da Babilônia

O Apocalipse 18 descreve a queda da grande cidade, Babilônia, que representa a decadência espiritual e moral de um sistema mundial corrupto. Neste capítulo, o autor, geralmente identificado como o apóstolo João, recebe uma visão divina sobre a destruição iminente da Babilônia. A cidade é vista como um centro de

Salmos 71:1

Estudo Salmos 71 – Deus como Refúgio

O Salmo 71 é uma oração de confiança em Deus em meio às adversidades da vida. O salmista clama a Deus para que o proteja e o livre dos seus inimigos, que o perseguem e o acusam injustamente. Ele reconhece que somente Deus pode ser o seu refúgio e a

Temas

  » Alegria

  » Amizade

  » Amor

  » Fé e Motivação

  » Felicitações

  » Liderança

  » Pais e Filhos

  » Paz

  » Provérbios

  » Reflexão

  » Salmos

Receba inspiração no seu Email

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial